segunda-feira, 29 de setembro de 2014

book - 2 anos

Esse ano o book de aniversário veio mais tarde...
Mas... antes tarde do que mais tarde ainda!

E as fotos ficaram tão lindas. Um amor!
Nina colaborou. Desta vez não chorou. Até se exibiu! :P
Fez bolinhas de sabão, usou óculos de sol, fez careta!
A Daniela Raya caprichou com toda a paciência do mundo.
Aí vai amostrinha das fotos fofas:

Nina Ninoca
Amor da mamãe e do papai

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

aníver da bisa Clô

No último final de semana, fomos passear na casa dos avós maternos da Nina Ninoca (é assim que ela se chama agora).
Foi aniversário da bisa Clô, que comemora 93 anos de muita vida e saúde.
Infelizmente esquecemos de tirar a foto das 4 gerações para atualizar. A muvuca foi tão grande que fomos deixando, deixando e quando vimos, tínhamos esquecido.
Nina aproveitou muito bem o dia, os primos, os tios, avós, tios-avós e a bisa. Brincou tanto. Se sujou de barro, terra, grama. Brincou com os cachorros da casa e da rua. Conversou. Correu. Dormiu anestesiada.
Acho muito importante esses momentos em família. Moramos longe de todos, então em casa sempre mostro fotos pra ela lembrar. E dá certo. Quando ela os vê, parece que convive todos os dias com eles. E assim é com o lado paterno também. Nina sabe o nome de todos, inclusive dos cachorros.
Não podemos perder esses momentos únicos. E fotografar muito pra ficarem na memória e na lembrança.
domingo
Festa da bisa
na casa dos avós


segunda-feira, 22 de setembro de 2014

terça-feira, 16 de setembro de 2014

tal mãe, tal filha 2

E para essa primavera, Nina e mamãe vão arrasar!
Vejam só o modelito que vamos usar....

Melisseiras de plantão!

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

resumo do final de semana

E o final de semana foi divertido. Ficamos em casa e curtimos cada minuto com a pitoca.
Nina saracoteou muito. Passeou, brincou, correu, pulou e dançou. Como caminha essa menina!
No sábado, saímos para almoçar e jantar. Nina adora comer "do sóppi".
Pela manhã, brincou com o papai na pracinha e no play do prédio. Aproveitou pra encontrar "ozamigo" da vizinhança: Duda, Sofia, Laura e Matheus.
À tarde, passeamos na obra. Mas Nina dormiu no caminho e nem viu.
À noite, foi a vez de sair pra comer pizza.
No domingo, Nina brincou com o papai no play enquanto mamãe fazia o almoço. Depois almoçamos em casa.
À tarde, fomos passear no parque. Estava um domingo lindo de sol e calor. Nina se divertiu muito.
e o domingo acabou com um bebê capotado no sofá!
Boa semana a todos!

sábado começou com a corda toda e terminou sem pilha


domingo no parque


no banho...

Eu: - Nina, vamos tomar banho?
Nina: - Não, mamãe! Não quéio.
Eu: - Ah, vamos, aí tu fica só de fralda e faz a “dancinha da fralda”.
Nina: - Tá bom! Tudo bem!

Agora é assim... todo dia ela faz a dancinha da fralda...



vai ficar dodói...

Nina, na sala, tirando o sapato, as meias... e um frio de renguiá cusco:
- Nina, deixa o sapato e a meia. Tá frio. Pelo menos a meia.
Nina: - Não, não quéio.
Eu: - Hum. Tá bom. Mas tu sabia que se tu ficar doente vai ter que fazer uma visitinha pra alguém?
Nina olha... pensa... e diz:
- Mamãe, bota a meia?
Eu: - Tá bom, vem cá que a mamãe coloca.
Nina, sussurra bem baixinho: - Não qué Dr. Renato. Nina não qué!

Sapequice em nível máximo.

trocando a fralda

Nina: - Mamãe, mamãe, cocô!
Eu: - Pode fazer, depois a mamãe troca a fralda.
Nina: - Não picisa, é só xixi.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x


Eu: - Nina, vamos trocar a fralda? Tá cheia de xixi.
Nina: - Não, mamãe. Não picisa, tá sequinha.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x


Nina, fazendo força: - Mamãe, mamãe, cocô!
Eu: - Pode fazer, depois a mamãe troca a fralda.
Nina: - Não! Papai troca.
Eu: - Tá bom. Papai troca.
Nina: - Não. Mamãe troca.
Eu: - Tá bom, mamãe troca.
Nina: - Não, papai....

Afe... decida-se!!!

domingo, 14 de setembro de 2014

num quedito!

Saio do banho e enrosco num treco pendurado no teto do banheiro que cai no chão.
Eu: - Ihhhh, caiu!
Papai, na sala diz: - O que aconteceu? Quebrou?
Eu: - Não, só caiu o pendurico aqui do banheiro.
Nina, que ouviu tudo, grita: - Nina qué vê, Nina qué vê!
E sai correndo da sala para o banheiro falando: - Ah, não! Eu não queditu!

sábado, 13 de setembro de 2014

trabalhando...

Eu: - Onde a Nina vai trabalhar quando crescer?
Nina, pensativa: - Na Ieni, mamãe.
Eu: - Hum, não é no Sicredi?
Nina, com cara de “você não entendeu, mamãe?”, responde: - Não mamãe, na Ieni, eu faleiii.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

só de meias

Eu: - Nina, não tira o sapato. Tá frio.
Nina: - Não mamãe. Nina qué tirá.
Eu: - Não tira, tô avisando!

Aí ela tira e fica só de meias.
Papai, pega os lixos e diz: - Vou levar o lixo lá embaixo.
Nina, prontamente: - Mamãe, ajuda Nina botá sapato, ajuda mamãe! Ajuda!!! Mamuuuu!!!

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

2 anos e 2 meses

Hoje nossa pequena completa 26 meses. Isso mesmo: 2 anos e 2 meses.
E o tempo voa. E quanto mais voa mais coisas ela aprende. Pela manhã, ela sabe “x” coisas. No fim do dia, sabe “x” + 1000.

momentos de Nina
Abre parênteses...
Sim, eu fechei o blog. E achei chato mesmo deixar fechado. E resolvi abrir de novo.
Mesmo que ninguém leia, mesmo que ninguém comente, vou escrever pra quem tiver interesse em ler. Algumas amigas queridas reclamaram de não poder acompanhar a Ninoca. Então, já que elas “conhecem” nossa história desde láááá atrás, quando a mamãe e o papai aqui ainda eram da vida de tentantes, não seria justo e sim, egoísta, não dar mais notícias.
Até porque eu continuei escrevendo. Então, foi só ir lá e clicar na opção público e tudo ficou certo!
Fecha parênteses.

Voltando...
Nina está numa fase mais gostosa de meu Deus. Fala pelos cotovelos. E fala T-U-D-O! Forma frases, conta estórias, conta do dia na escola, dos acontecimentos, sabe o nome de todos os colegas e professoras, sabe também quem é o pai ou a mãe de quem da turminha.
Sabe o nome dos avós, dos primos, tios, cachorros todos, cavalo do tio Neco, louro da vovó. Sabe em que cidade eles moram.
Sabe o nome dos amiguinhos do condomínio, dos filhos de amigos nossos.
Tem uma memória de elefante! Dia desses eu falei, meio que despretensiosamente, que no natal, o Papai Noel ia vir buscar o bico dela. Ela não respondeu nada. Só ouviu (aliás, presta muito a atenção nas coisas e guarda).
Uns 5 dias depois ela me disse: “Papai Noel pegá bico da Nina”.
Acho até que já dá pra começar a fazer mini-posts com as tiradas da Nina...
Adora pintar as unhas de “uoxo”. Sim, ela gosta de pintar as unhas de roxo, que na verdade não é roxo, é transparente. Mas ela acha que é roxo porque a tampa da base é roxa. Ainda conseguimos enganar.
Sabe contar até 10. Sabe as principais cores: preto, branco, roxo, rosa, azul, laranja, verde e “du ite” (esse é vermelho, do Inter... rsrsrs!).
Adora colocar as bonecas para dormir. Arruma os cabelos das bonecas, troca a fralda, faz shshshshshshs enquanto embala para elas dormirem, coloca no travesseiro e cobre com a “cobéita”.
Quer comer sozinha. Nada de cadeirão. Cadeira normal. Tem lugar na mesa (o que era da mamãe e mamãe que se vire!) e é a primeira que senta e a última que sai. É companhia pra quem quiser comer.
Falando nisso, é muito parceira. Falou em sair, ela está pronta. Falou em trabalhar, ela vai junto. Falou em tomar banho, ela é a primeira. Falou em fazer comida, ela quer ajudar.
É teimosa. Tem que chegar em casa, tirar os sapatos e as meias e ficar de havaianas. Mesmo no frio de 0°.
E come. Agora ela aprendeu a pedir comida. "Nina qué comê." - ela fala quando passamos e algum restaurante. "Aqui tem papá.".
E adora um shopping. Papai diz que ela é mesmo filha da mãe dela!

É tanta coisa, que tenho certeza que estou esquecendo algo.

Ah, Nina está dando indícios de desfralde. Já segura muito mais o xixi.  Faz cocô pela manhã e à noite. Já pede pra sentar no vaso antes de ir tomar banho. Não faz nada, mas pede e dá tchau pro xixi (temos que puxar a descarga!). Vê o peniquinho ao lado do vaso e ainda não sentiu vontade de sentar. Mas está lá. O pediatra disse pra deixar só no banheiro para ela se ambientar.
A operação desfralde, pra valer, vai começar lá por novembro, dezembro, quando o calor aparecer aqui no Sul. Antes, sem condições. Oremos pra tudo dar certo.

Mas também, se não der, vai ser na hora dela. Se virmos que não vai dar agora, partimos para o próximo verão.

Te amamos, nossa pequena! Nosso tesouro! Nosso amor maior!
Que Papai do Céu sempre te acompanhe e proteja!

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

amizades

Se tem uma coisa que eu estou achando muito legal nessa fase da Nina é a questão das amizades.
Nina tem muitos amigos. Na escola, fora da escola, na família...
E eu acho tão legal a gente, enquanto pais, incentivar esse contato e preservar essas amizades.
Eu acho tão mais legal (e pensando no mundo que temos hoje com tanta coisa errada, tanto medo do desconhecido) eles já terem o seu circulo de amizades desde cedo.... poder crescer com os amiguinhos, conviver e criar laços fortes e sólidos.
Claro que muitos vão se perdendo pelo caminho. Mas os verdadeiros ficam.
Na escola ela tem vários amiguinhos já. E vão permanecendo com ela até os 6 anos, quando ela mudará de escola.
Aí sim, vamos ver quantos vão ficar com ela no mesmo colégio.
No trabalho, tenho alguns colegas com filhos pequenos. Mas não eles não têm muita convivência. Mas quem sabe passem a conviver mais... vamos indo.
Quanto aos nossos amigos, muitos já têm filhos. E tem os primos também.
Nina sabe o nome de todos eles. Já pede pra ir na casa de um ou de outro. E quando vai, não quer voltar pra casa.
Se integra totalmente no ambiente. Acha que a casa é dela.
Ter amigos é a melhor coisa do mundo! Ainda mais nesse mundo tão virtualizado...
Quero que ela tenha histórias pra contar quando crescer. E dar muitas risadas.
Quero que ela lembre dos dias de chuva comendo bolinho, tomando café, chá ou chimarrão, comendo pipoca...
Quero que ela lembre dos dias de sol, e o papai fazendo um churrasco pros amiguinhos. Muita diversão.

E isso é ser feliz!
 
passeando com a amiguinha

bagunça na janela