sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

últimas da Nina

Hoje eu queria falar de como está o desenvolvimento da Marina.
Ela está com 1 ano, 6 meses e 14 dias. E nessas últimas semanas muitas coisas novas apareceram. E com isso, muitas dúvidas, muitos medos, alegrias, surpresas... todos os sentimentos misturados.
Marina é um bebê de personalidade. Olhando nas fotos, ela parece meiga, parece aquelas menininhas calmas, tranquilas, doces, que aceitam tudo numa boa.
Doce engano! Marina tem uma personalidade forte, sabe muito bem o que quer - e o que não quer também.
Aprendeu a teimar desde muito cedo. Tudo que pegamos na mão ela quer pegar também. Faz birra, chora, esperneia, sapateia, se joga para trás, joga as coisas longe. Sim. Ela também briga pelo que quer.
Marina sabe tão bem o que quer e o que faz, que se para na frente do espelho e fica se olhando enquanto chora, faz cara e bocas. E quando desviamos a sua atenção, ela para na hora e já sorri.
Sim, ela poderá ser ótima atriz.
Li muito sobre isso. Sobre interpretar, sobre testar os adultos e nessa idade realmente eles não sabem o impacto que isso causa. Eles não têm noção do que é testar alguém para conseguir algo. O que acontece é que eles querem muito alguma coisa e para isso, fazem de tudo para conseguir. E tentam todos os meios possíveis.
No caso da Marina, se ela estiver tranquila brincado ao lado de uma tomada, por exemplo, e falarmos: não mexe na tomada!... pronto! Demos a ideia e é justamente na tomada que ela vai mexer. A curiosidade fala mais alto.
Outro exemplo é com o bico. Estamos tentando tirar no período em que ela está acordada. Ou seja: só usa quando for dormir. Se ela não enxerga o bendito, está tudo bem. Mas é só nos descuidarmos e mostrarmos que a casa cai... e ela não para de chorar até que alguém enfie o “maldito” na sua boca.
Marina também é um caso à parte quando fazemos fotos. Ela não se comporta, não gosta. E ela consegue se soltar mesmo quando se ambienta com as pessoas e com o lugar. Isso também vale para festas ou reuniões com várias pessoas. Marina não se entrega logo de primeira. Nem de segunda ou de terceira.... Mas depois de um bom tempo, conhecendo bem onde está pisando, ela é a melhor companhia do mundo para brincar e conversar.
Mas Marina tem seu lado brincalhão, doce, meigo, amoroso, carinhoso. E esse lado é beeeem maior do que o lado que comentei acima.
É uma menina beijoqueira. Se eu peço beijo, ela dá. Mas logo em seguida, tem que dar um beijo no papai também. E aí, outro na mamãe, depois no papai, depois na mamãe... fica em loop até cansar... e demora a cansar. E o mesmo acontece quando pedimos um “upa” (abraço).
Ela já acorda de bom humor. Todo santo dia. Acorda, chama, espera deitadinha e já pede pra deitarmos com ela.  E fica rolando, preguiçosa, conversando.
Adora ajudar nas tarefas como: levar a fralda suja para o lixo, secar o chão molhado, juntar sujeira pelo chão, levar as roupas sujas para o cestinho de roupa suja, ajudar a colocar as roupas para lavar na máquina, levar a Mona para passear...
A brincadeira preferida é de se esconder e aparecer. Mas adora brincar com potinhos e colherinhas, simulando que está cozinhando. Também gosta de colocar nossos calçados e sair caminhando.
Marina tenta repetira as palavras. Falamos algo, ela pensa e logo sai algo parecido. Algumas palavras que ela fala (e que eu lembro):

Papai
Mamãe
Báo (balão)
Páo (pão)
Baia (barriga)
Moma (Mona)
Méu ou Maoo (Fredo ou gato)
Tuto (suco)
Au au
Aua (água ou fralda, dependendo do contexto)
Papá (comida)
Mamá (mamadeira)
Vuvóóó (vovó)
Vuvôu (vovô)
Biu (abriu)
Bom (bom)
Náo (não)
Iu (caiu)
Mão


Tem muito mais, mas lembro dessas agora. 
E ela também sabe apontar os pés, as mãos, olhos, cabelo, cabela, nariz, boca e barriga.

E nossa pequena é ainda tão pequena, mas já parece saber o que quer! E como fazer para conseguir! Essas crianças... cada vez mais evoluídas!!! 

Nina Bailarina

6 comentários:

  1. Adorei o seu cantinho... essa fase de aprender a falar é tão fofo,rs!
    Estou seguindo vocês... bjs

    ResponderExcluir
  2. Bibi, eu acho que isso é algo dos bebês de hoje em dia. Na nossa época os bebês eram aqueles seres indefesos, quietinhos... foram se desenvolvendo e hoje estão ai, cheios dos querer, das vontades... coisas que antes afloravam com 4, 5 anos e hoje em dia é bem mais cedo.
    Acho que é sadio, só precisamos saber levar. Aqui em casa o João é um doce, mas vai no mesmo caminho que a Nina, cheio de querer, e ele sempre quer as coisas com uma vontade que as vezes eu me assusto, pois sempre achei que eu ia levar ele no bico, mas é muito diferente do que eu pensei, ele que me leva na flauta. E outra, aqui durante a semana a minha sobrinha passa o dia aqui (minha mãe cuida dela, passo o dia com duas crianças, sente só), ela vai fazer 13 meses dia 30, 1 ano e um mês de uma menina cheia de vontades, ainda mais que o João. Não é fácil. Aqui também tem birras e manhas, artes, mas é como tu disse.. as coisas boas são muito mais maravilhosas que as coisas "ruins". Mas não é fácil, eu sei. Tempo ao tempo, vamos ver como eles se saem, muita força pra gente, tanto para nunca perder a paciência quanto para saber guiar eles, saber ensinar eles a dosar essa garra, essa personalidade forte deles.

    Eu também me preocupo, tento ler muito sobre isso, lembrar dos meus tempos que eu ajudava em escolinha, mas nada melhor que nosso instinto de mãe, nosso instinto de leoa pra cuidar e guiar nossos filhos.

    Beijos flor, qualquer coisa dá um grito que eu estou perto!

    ResponderExcluir
  3. Bibi , o Kenjinho tbm é assim, ou está assim...rs. Espero que seja uma fase.
    Muitas vezes passo vergonha em locais públicos com ele por causa dessas birras...e quando ele se joga no chao , tenho vontade de cavar um buraco e me enfiar la dentro. Quando ele chora pq quer um brinquedo no shopping, nao compramos , pq senao ele sabe que
    chorando conseguirá o que quer. É uma fase dificil e complicada , mas precisamos ensinar desde ja que as coisas nao sao do jeito que eles querem.
    Bibi , vc vai ter mais?Eu queria , depois decidi que nao...e agora estou confusa...rs
    Um grande beijo

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho medo disso! hahaha de ver as fotos de ver como minha Zoe está doce e que tenha essa personalidade que seja dificil de dialogar. Mas no fim, sempre há uma solução... e meu, que é essa foto da Nina de bailarina "."...morri! bjs

    ResponderExcluir
  5. A Nina pode ser uma linda atriz. Adorei o post e o acompanhamento do desenvolvimento da sua pequena.
    Uma ótima semana pra vocês
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    ResponderExcluir
  6. Amiga perdi a senha do meu perfil antigo. Vou tentar resgatar kkkk.
    A Nina está uma boneca de tão linda. Geniosa tb hahahaha. Sabe que acho que é da idade. A Clara chora no espelho tb faz bico e depois ri sozinha...
    Essas crianças estão um doce!
    Ótimo 2014 para vcs com muito amor, felicidade e ótimo desenvolvimento para essa pequena jóia!

    ResponderExcluir

Nós AMAMOS quando você comenta!!